quarta-feira, 2 de julho de 2008

Ingrid fora mostra a Farc por dentro



Quem lá esteve dentro, nos define como são as entranhas da Farc com a seguinte frase, logo depois de ter sido resgatada pelo exército colombiano, ao pedir à cúpula do grupo respeito pelos seus guerrilheiros;

"Desejamos que os rebeldes que estavam lá, nossos guardas, sigam vivos, e Deus queira que não estejam sujeitos à justiça das Farc"

Imagem: UOL

9 comentários:

Carlos Gil disse...

a mancha negra nesta nuvem de felicidade é o "incómodo" que por aqui se assiste/iu com a libertação (vidfé post do J- Tunes). tal e qual dos mesmos cujo presidente do grupo parlamentar disse "ter sérias dúvidas de se a Coreia do Norte não é uma autêntica democracia"... tá tudo dito.
e "tu" põe-te a pau: como o Chávez está a ficar um pouco fora de moda, 'soa-me' que eles, esses mesmos do parágrafo anterior, andam a fazer a corte a um novo parceiro estratégico nessa zona, e digo as quatro letras, acrescentando-lhe três pontinhos de mudo aviso ao visado por tal namoro: Lula...

Carlos Gil disse...

não é por ser púdico ou careta: cada qual namora com quem quer. a merda é as doenças venéreas, se não há cuidado com certas 'noivas' que se enrolam e colam que nem lapas

Carlos Gil disse...

ah! e ainda falta pronunciarem-se 'oficialmente' sobre o Zimbabwe... para já fecham-sde em copas e deles não se lhes ouve nem um ai nem um ui: aquele "nim" que mete nojo

Carlos Gil disse...

... e dira´s tu, cheínho de razão: "mas este gajo não tem o blogue dele?" porque raio..."

eh pá! às vezes a malta chateia-se da nossa própria casa e vamos de visita e vbancamos. isto está a lembrar-me uma vez, ainda novito cá ns Lísbias, que fui visitar o Mota à Reboleira, o gajo convidou-me a jantar e fumamos umas brocas, as contas não devem andar muito fora do certo se disser que disse "então, xau" uns dois meses depois lol
tal e qual como com o Rui Morais (o pai que estava em Moz pagava casa e mandava mesada aos dois filhinhos para eles 'estudarem' - se ele soube-se lol) (era o Rui Baltazar, min. da justiça do gov. de transição, que encontrei-o no Rossio e fizemos uma granda festa, convidou-me logo para irmos lá a casa fumar umas gargaladas e tá claro que fiquei. ou nesse dia ou num dos seguintes fui a casa da "prima Amélia" em Campo de Ourique buscar a minha trouxa e mudei-me para a delegação lisboeta da Internacional Situacionista lol
aquilo era uma república anarquista do melhor! é desse tempo aquelas cenas dos panelões de sopa de repolho, pois tinha-se (a honra, a ética...) de comprar qualquer coisa quando se fanavam os bifes de peru eheh. foi casa onde vi uma janela aberta: lá dentro era sempre 'noite' - o papá pagava a conta daluz ssem refilar, pois a fardamenta mais utilizada naquela altura (terá sido no Verão) era mal se entrava tirar-se a roupa toda, havia quem nem as cuecas ou os peúgos deixasse eheh
enfim, coisas do caraças e às quais não consigo evitar de orrir quando as lembro. excepto uma, sacana do gajo: calhou num fds toda a malta abalar e só lá fiquei eu e um gajo que mal conhecia e até nem me lembro do nome. só me recordo de duas coisas: o gajo tocava trompete do Hot Clube (um antiquíssimo clube de Jazz de Lisboa, uma espécie de catedral do género) e, fdp. propôs-me, assim descaradamente que tal e tal. bardamerda! fiquei tão atrapalhado que nem sei o que lhe disse. só sei é que além dos peúgois e mais todo o resto até cachecol pus! :-(
olha o gajo, hein!!! chiça.... nem mais uma ganza partilhamos, ai isso juro!

Carlos Gil disse...

ok. agora juro medsmo que vou-me embora eheheh

Carlos Gil disse...

mensagem 3: caçei o link via tasco do jpt: o tal "nim"....
http://altohama.blogspot.com/2008/06/comunistas-portugueses-no-condenam.html

Zé Paulo disse...

Grande Carlos,
Obrigado pela tua bela e grande visita. Que elas aconteçam mais vezes, é o que torço.
Sobre a turma do PCP querer se chegar ao Lula, só se chegarem com outras referências, porque as Farc, por exemplo, não será um bom cartão de visita, pois o Lula e o PT, como partido, sempre deixaram claro não apoiarem os métodos do tal grupo. Em algumas oportunidades, em eventos organizados pelo PT, as Farc pediram para participarem como convidados e nunca foram aceitos. Já o Movimento sem Terra (tem ligações com alas do PT), que eu me sitonizo com parte dos seus líderes e detesto outros tantos, é provado que já se envolveram com os mesmos, inclusive recebendo treinamento deles para invadirem terras improdutivas, que por vezes nem sempre são tão improdutivas.
E seria giro ver o PCP de braços dados com o PT brasileiros quando o PC brasileiro não tem essa sintonia com o PT.
Sobre a reação do PCP e outros similares, antes de ler o post do João, já havia visto as barbaridades ditas por tais imbecis.
A essa gente, deveríamos pagar umas férias no meio do tráfego de cocaína aqui pela América do Sul, ali pelo Rio de Janeiro, quem sabe!
Um forte abraço.
ZP

Carlos Gil disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlos Gil disse...

(fui eu que apaguei o anterior)

olha; mais um link que vale a pena cuscar: uma crónica com poucas palavras mas cheia de punchs ao queixo e âs partes baixas:
http://dn.sapo.pt/2008/07/04/opiniao/membro_classe_politica_dominante.html


abç (cedilhado lol - vá, deixa-me lá gozar também ehehehe)

carlos