quinta-feira, 31 de julho de 2008

Em 1973, o rock de Jesus Christ

O Carlos Gil lembrou-se dos 35 anos do musical Jesus Christ Superstar e deixei-lhe lá um comentário, onde outras coisas lhe dizia que pensava em aqui deixar qual das cenas que mais gostei do filme.
Acabei ficando com dificuldades em afirmar que seria esta que aqui coloco, embora já fosse na qual pensava, só que outras são tão marcantes quanto.
Mas esta, em especial, são das imagens, vistas nas grandes telas, das mais freak que vi até os dias de hoje.
Claro que por ser um musical, com o estilo de rock dos anos 70, o filme foi no seu todo “freak”. Mas ao meu ver, a áurea e os conceitos freak’s de Jesus Cristo, facilitou em muito a fórmula deste musical que tanto sucesso fez na época.
Hoje, dentro muito do modismo de se ser anti-Cristão, pois ser ateu não é suficiente para muitos, até confundem alguns e criticam um filme, que dentro da tecnologia de 1973, tem um tema com uma abordagem inteligente, com uma bela fotografia, com ótima qualidade de som.



3 comentários:

Carlos Gil disse...

:)

passei pelo mesmo que tu: decidir quanto tudo 'e "bom" não é fácil. e acabei por me decidir pela imagem quase incial, forte, fortíssima então e joje ainda, ambora até nem seja a que mais trauteie há 35 anos... "whats the buzz..."

grande filme numa grande Era, grandes memórias hoje que se vive(emos) já no tempo delas :-( ...

Zé Paulo disse...

Grande filme, sem dúvida. Grandes recordações!
Mas uma correção...ainda bem que temos memória, que vivemos com elas e que ainda faremos algumas novas histórias para futuras memórias.
Grande abraço.
ZP

Carlos Gil disse...

já reparaste que os YouTube estão com uma imagem quase impossível de distingir? o som ainda se ouve, mas o resto... e é geral: lá no meu tasco, noutros que hoje visitei...
estratégia comercial da YouTube/Google para "obrigar" a clientela a ir à origem? ou crise informática passagueira? a acompanhar, com preocupação....

(logo agora que queria meter o "Smoke on the Water" - ah, grandes abli-blá-blis! :-))), uns Genesis dos primeiros, os America, eu sei lá...)