sábado, 25 de outubro de 2008

Morretes é um lugar que gosto de visitar

Morretes é um lugar que gosto de visitar. Há os lugares que quando recebemos visitas em Curitiba nos sentimos na obrigação de levá-las a conhecer. Os famosos cartões postais. Sejam estes lugares que nos agradem ou não, mas se não os levarmos acabaremos por passarmos pelo risco do visitante nos perguntar: “E o tal lugar, é mesmo legal?”
Morretes, um município que fica a aproximadamente 60 km aqui de Curitiba, fundada em 1733, é um dos lugares que levo qualquer amigo que por aqui chega com grande prazer. O prazer de levar um amigo a conhecer algo "novo", e de eu estar a ir de novo aquele lugar.
O centro histórico, misturado com o muito verde do lugar e as águas dos seus rios, torna aquele espaço energético. Essa concentração de enrgia deve ser ajudada pela Serra do Mar e a Mata Atlântica que rodeiam a cidade
Hoje o tempo por lá estava nublado, o que em nada atrapalhou o passeio, o aconchego das ruas e arquitetura colonial e a simpatia da gente do lugar que sabe que o turismo é importante para a economia da sua cidade.
O sol só fez falta para dar um pouco mais de brilho às fotos, mas para nós que lá estávamos o brilho não fez falta alguma ao que víamos.
.

Vista parcial do Rio Nhundiaquara, que corta a cidade.


Ruas estreitas com a sua arquitetura colonial.


Palmeiras reais em guarda.

Onde comemos o "barreado", prato típico da cidade.

Igreja Matriz da Nossa Senhora do Porto, construção iniciada em 1812.

2 comentários:

Anônimo disse...

Eu para variar, na minha função de "novo", tamb¢m tive o prazer se ser levado a tal charmosa vila, e me supinpar com o "barreado".

Obrigado aos perfeitos guias!

Tó Maria

Zé Paulo disse...

É! Sinto(imos) falta de lá te levar de novo.
Abraço grande.

ZP