domingo, 27 de abril de 2008

Uma corrente, um elo...



Andava o mar tão calmo, sem as ondas dos elos! O pior é que tais ondas vêm sempre pelo sopro de gente amiga...
Como disse quem me “mimou”, a IO, lá vai o copy / paste das regras da corrente:

- Dizer 6 coisas que não se importe de fazer ou de ter.
- Colocar o link da pessoa que o "mimou".
- Colocar as regras no blog.
- Desafiar 6 pessoas, deixando um comentário nos seus blogs

Não me importo de quebrar correntes, nem que as quebrem quando sou eu as lhe dar mais um elo;
Não me importo de ter na garagem de casa um carro velho, desde que tenha mais de 20 anos de uso, e me leve aos lugares que quero;
Não me importo de perder umas horas matinais de um domingo em troca de umas horas de sono a mais;
Não me importo de ser antipático, se assim for necessário para deixar transparentes os meus posicionamentos;
Não me importa não ter nenhuma paixão pela águia, lagarto ou pelo dragão. O Urubu carioca apagou-me da memória o torcedor de tempos de infância;
Não me importo de amar.

E os seis elos que coloco à corrente, e que me desculpem eles, mas que levem em conta o meu “primeiro não me importo”, o JoãoTunes, o António Oliveira, o Jaime Gabão, o Espumante, Eugénio Almeida, e o Paulo Granjo, com quem nunca troquei uma palavra mas a quem também tem-me agradado bastante o ler.

14 comentários:

António Oliveira disse...

Zé Paulo
Não sou eu quem vai quebrar a corrente. Dá azar e 100 anos de solidão. E quando a origem do elo vem da IO é sempre um prazer. Sairá num dos próximos dias numa estrada cada vez mais poeirenta.
Um abraço

Zé Paulo disse...

António,

Será um prazer comer a poeira que vais levantar.
Grande abraço.
Zé Paulo

(Paulo Granjo) disse...

Terei todo o gosto em nadar na corrente.
Só que amanhã. Já está muito tarde, por aqui.

Zé Paulo disse...

Paulo,
Vai ser um "coiso" ter voce nesta corrente.
Um abraço.
Zé Paulo

ELCAlmeida disse...

Vocês arranjam-me cada uma...
E a minha amiga Isabella já devia ter juízo e não nos meter em coisas destas.
Lá vou ter de seguir a proposta do elo contínuo, descontinuam«ndo o mesmo para os mesmos...
Que mauzinho!
Abraços a todos, principalmente aos "felizes" contemplados.
Ainda não vi o comentário jo João Tunes, deve estar a preparar uma com muita "Água"...
Eugénio Ameida

Zé Paulo disse...

Eugénio,

Voce acha mesmo que o João Tunes vai meter Água? rrsrsrsr...
Bom vê-lo, já de alguma forma, a participar da corrente.
Grande abraço.
Zé Paulo

(Paulo Granjo) disse...

Já por lá está afixado.

Abraço.

IO disse...

E aqui estão alguns 'não me importo' porque eu gosto tanto do ZP. Um Macuti de fibra, este amigão!

Beijo, IO.

Zé Paulo disse...

Paulo,

Já lá andei a espreitar o seu "elo". A foto que aproveitou para nos deixar é de um grande impacto.
Grande abraço.

ZP

Zé Paulo disse...

Isabella,

Como tens visto, não sou o unico, sou só um dos maiores teus fãs, e com toda a certeza um amigaço.
Beijo grande.

Zé Paulo

gotaelbr disse...

Zé Paulo,

Tremenda corrente me arrumou...Só dá "fera"!
Meio atrasado, tento manter forte o "elo" que me coube.
Abraço,

Zé Paulo disse...

Jaime "Fera" Gabão,

Sabendo eu que voce não e de correntes, fico muito feliz que tenha se encorajado a se meter nesta.
Um forte abraço,
´Zé Paulo

Madalena disse...

LOL A maneira como vocês conseguiram tornar esta corrente num fio de ouro!!!! Na arte é que está o segredo, não é? Eu fui apanhada por outro elo da mesma corrente. Mil beijocas para ti Zê Pê!!!!!!

Zé Paulo disse...

Madalena,
Também já andei a espreitar por onde anda a tua correnteza, a qual também apreciei muito. Tanto quanto a tua visita.
Beijo grande.
Zê Pê