domingo, 11 de novembro de 2007

Tadinho do jacaré!

Ainda não consegui interpretar bem quais os avanços que houveram na 17a Cúpula Ibero-Americana em Santiago, mas gostei de ver a chamada do espanhol Zapatero ao venezuelano Hugo Chávez devido ao segundo, na sua forma costumeira e desrespeitosa, de em certa altura da vida política se ter referido ao ex Presidente da Espanha, Aznar. O ditador sul-americano deu-lhe de atacar o "fascista" Aznar com o seu habitual palavreado, e quando chegou a vez do Zapatero falar, começou por dizer umas ao Hugo. E o mais giro foi ver o Rei Juan apontar o dedo e solicitar ao Hugo para que o mesmo se mantivesse calado, quando este tentou contra-argumentar com Zapatero.
No fim, o Hugo teve que engolir as palmas do restante da plateia, ou seja da grande maioria dos representantes dos outros países Íberos-Americanos presentes que apoiaram a postura dos espanhois.
O que um "fascista" não fez o Huguito engolir em seco!



2 comentários:

Anônimo disse...

Estas imagens mostram mais uma vez como um carácter de um ditador até em ocasiões püblicas como esta, se tenta impor na "marra" desrespeitando todos os códigos de ética. Com a sua conduta obrigou até que um presidente liberal, Zapatero, tivesse que sair em defesa de um ex-presidente que pertence a um partido adversário e conservador da política espanhola.
Espero que o Caudilho tenha pelo menos aprendido uma lição...de boas maneiras.
Viva Zapatero !

gotaelbr disse...

Zé Paulo,

Tomei conhecimento por teu comentário no ForEver PEMBA do Lanterna Acesa. Acabei de o adicionar com prazer a meus "Recém-Chegados" do ForEver PEMBA.
Desde já agradeço a possível recíproca. Como agradeço a compreensão e solidariedade para com Andrea Paes e Rafael da Conceição.
Saúde e dispõe do
Jaime